Aref Farkouh

Presidente

Desde a sua fundação, a AME Campos conta com seus parceiros na busca por uma Campos do Jordão cada vez melhor, compartilhando a visão de uma estância turística mais receptiva e mais desenvolvida.

Apesar da lamentável crise que assola o planeta, a AME Campos prossegue, cumprindo sua agenda. Nosso trabalho não parou. No auge da pandemia e acentuada incidência de desemprego, nossos voluntários atuaram na distribuição de cestas básicas, doadas por associados, para comunidades carentes.

Com objetivo socioeconômico autossustentável elaboramos o projeto Madeiraria, para produção de artesanato de qualidade, oferecendo ocupação para jovens que se encontram em situação de vulnerabilidade social, além da conscientização ambiental.

No âmbito da cultura, mantemos, dentro dos padrões de segurança, o coral infantojuvenil Meninas Cantoras de Campos do Jordão em recém “adotamos” a Orquestra Filarmônica de Campos do Jordão e Região.

Além disso, através de uma campanha de crowdfunding, conseguimos levantar a verba necessária para impedir o fechamento da única livraria de Campos do Jordão. Também faz parte dos nossos planos resgatar o cinema, viabilizando o tão esperado Festival de Cinema.

Cumprindo nosso dever de opinião e incrementando ações, a AME Campos continuou traçando estratégias de marketing para a retomada do turismo, junto ao Conselho Municipal de Turismo (COMTUR). Graças ao empenho de divulgar Campos do Jordão como alternativa saudável nos pós-pandemia, emplacamos matérias nos principais veículos de imprensa, salientando as opções de atividades outdoor junto à natureza.

Tudo isso só foi possível através dos esforços em conjunto e, em especial, das doações dos associados fundamentais para manter nosso trabalho. A todos que fizeram parte dessa história, o meu reconhecimento e o agradecimento da comunidade jordanense.

Teremos um 2021 de desafio e de adaptações, mas também de descobertas e de inovação. Vamos trabalhar juntos pela união entre a iniciativa privada e o poder público, pela valorização da cultura local, pela promoção de um turismo sustentável e por uma cidade próspera, humana e bonita.

Ricardo Lenz

Vice-presidente

Engenheiro Mecânico pelo IMT Instituto Mauá de Tecnologia e Pós-graduado pela Fundação Getulio Vargas (FGV) em Economia, Marketing e Finanças, e PMD pela Harvard Business School.
Ricardo Lenz é o presidente e idealizador do consolidado Centro de Lazer Tarundu, fundado em 1979.

Representa a Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura (ABETA) junto ao COMTUR, bem como integra a Conselho da Associação Comercial e Empresarial de Campos do Jordão.

Foi agraciado pela Câmara Municipal em 2014 com a “COMENDA ORDEM DA ARAUCÁRIA DE PRESERVAÇÃO AMBIENTAL E DA PAISAGEM” bem como com o Título de “CIDADÃO JORDANENSE”.
Neto de Luiz Dumont Villares e bisneto de Ernesto Diederichsen, pioneiros que acreditaram e deram enorme contribuição para que Campos do Jordão se desenvolvesse através da valorização da sua natureza, clima e turismo.

Sabrina Lira

Gerente de Projetos

Cursando a graduação em Relações Internacionais, publicou os livros “Contos de Inverno – O Segredo do Amuleto” pela Chiado Books e o infantil “O Dragão da Sorte e outras histórias” viabilizado com recurso da Lei 14.017/2020, chamada Lei Aldir Blanc. Além de participar de antologias nacionais vencidas em concursos literários.

É atuante na classe artística da cidade de Campos do Jordão desde a adolescência, e estudou na Universidade Federal de Pelotas (UFPEL) onde fez bacharelado em música com habilitação em canto.